Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

26
Mar20

"Sonhos de todas as cores!"

gaivotazul

Quando à noite em teu peito me aninhava ou entre lençois me aconchegavas, sonhos azuis me desejavas.

E eu, menina a quem o mar segredava as mais belas histórias por ele guardadas, em tons de azul sonhava.

Foram-se os anos passando, um Inverno após o outro. E a cada nova Primavera, em tons de azul continuei a sonhar.

Por tanto te amar, quis contigo partilhar a cor com que os meus sonhos pintava.

Disseste-me em tom de desafio que em tons de dourado querias teus sonhos pintar.

Como se de oiro se cobrissem e a escuridão viessem iluminar.

Pus-me então a pensar se a cor dos sonhos se pode determinar...

Nova lição me ensinaste quando numa outra noite anunciaste, enquanto em meu peito te aninhei, e nos lençois te aconheguei,  "Sonhos de todas as cores!" 

Nessa noite, um novo firmamento foi desenhado. Ao azul do céu e do mar, juntaram-se o verde da fresca erva e das copas das árvores a perder de vista. O branco da espuma na rebentação iluminou-se e farrapos de nuvens desfiados pontuaram o céu. Nos campos, brotaram papoilas, malmequeres, lilases que ondulavam com as cores do vento.

 Ainda que os meus sonhos permaneçam azuis, a ti segredo todas as noites "Sonhos de todas as cores"...

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D