Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

11
Jun18

Olhos que pesam...

gaivotazul

Estou confortavelmente desconfortável aqui onde me encontro.

Nas minhas mãos cruzadas, o toque das vossas. 

Oiço a vossa respiração que me embala os sentidos.

Encosto a cabeça. Os olhos pesam... 

Lá fora só a escuridão da noite sem estrelas para nos guiar.

Tento concentrar o olhar na faixa de rodagem que vai sendo engolida. Os olhos pesam...

Tento focar na música que no rádio toca. As palavras sussurradas vão-se esbatendo. Ouço-as ao longe. Como um vento que segreda. Os olhos pesam...

Não quero adormecer e no entanto já durmo. E enquanto o faço oiço lindas canções que me contam histórias passadas. Músicas perfeitamente encadeadas como os sucessivos capítulos de um livro. Que me levam numa viagem. Que engolem a estrada e a distância. Que sussurram palavras. Que me impedem de adormecer. Ou que me embalam.

Pois enquanto sonhava estar acordada, despertei e não mais estava em viagem. Havia chegado ao destino e no rádio tocava a canção com que sonhara.

Os olhos, esses, ainda pesam...