Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

01
Jun18

No tumulto de um Sonho...

gaivotazul

Estou no palco. Não era suposto mas aqui me encontro eu. Fui empurrada para ele por força das circunstâncias.

Barulho. Está demasiado barulho. Em palco e na plateia. Ninguém está onde deveria. Nem os corpos, nem as vozes, nem as luzes. Faço por os reorganizar mas não consigo. São demais. Tudo está em demasia.

Improviso. Tenho de improvisar. De retomar as rédeas e controlar a situação. Para que se calem, para que se faça silêncio, para que tudo volte a ser e a estar como deveria.

Fecho os olhos. Inspiro fundo. Chamo a mim a coragem e elevo a minha voz. Tem de ser clara e segura desde a primeira nota.

Faz-se silêncio. As luzes diminuem a sua intensidade. Os corpos voltam aos seus lugares, as vozes encontram o seu tempo e as luzes o seu espaço. 

Estou realmente a cantar. E todos estão de facto a escutar. 

Estou no palco. Não era suposto mas aqui me encontro eu. Fui empurrada para ele por força das circunstâncias.

Quando acordar a minha atuação terá terminado. Ficará a sombra da confusão que no sonho vivi. Sobrará a luz da emoção que senti. Interpretações de um sonho que por esta manhã me acompanharão. Bem como a música que nele cantei.

 

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D