Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

26
Abr21

Nem mais um “até já”...

gaivotazul

Era difícil acreditar no quadro que na sua frente se desenrolava.

Um misto de emoções tomava conta de si. Raiva, tristeza, incredulidade...Acima de tudo incredulidade.

Como pudera ser tão cega, tão burra. Como pudera ter voltado a confiar quando jurara jamais voltar a fazê-lo.

Dissera-lhe certa vez um professor da faculdade que "engravidamos pelos ouvidos".

Compreendia agora, o que ele quisera dizer então.

Qual marinheiro ou barco à deriva, por um canto de sereia, farol num nevoeiro, deixara-se guiar. Acreditara na veracidade das suas palavras. Deixara-se por elas levar. Deixara crescer dentro de si um incomensurável amor. 

E agora, ao cair do pano, restava-lhe apenas tapar a boca para que nem mais um som dela saísse. Nenhum soluço, nenhum grito, e principalmente, nem mais um "até já".

0D66E529-0F5E-4480-BD0C-793C8F984615.jpeg

               ----------//----------

Texto escrito no âmbito dos desafios da abelha.

https://anadedeus.blogs.sapo.pt/tag/os+desafios+da+abelha

 

 

 

 

15 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D