Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

27
Dez17

Memórias de um teclado...

gaivotazul

Pouso as mãos sobre o teclado e deixo que os dedos encontrem o seu caminho. Que sintam o frio das teclas na ponta dos dedos enquanto procuram o seu calor.

O som das teclas evoca a máquina de escrever com que brinquei e ensaiei o meu primeiro conto. Era criança ainda, mas as tardes livres, muitas delas passadas a sós em casa com a máquina ali pousada na minha frente e este algo que trago cá dentro e que pede para sair, ensaiaram ali os primeiros passos. Apenas um esboço de duas ou três páginas. Um romance adolescente que se cria ser eterno. Não sei para onde foi o esboço mas conservo ainda na memória parte das linhas que o compunham.

Dessas tardes recordo também as horas incontáveis em que explorava os LPs e entoava as letras, memorizando-as, sentido as suas palavras, explorando as suas diferentes sonoridades enquanto via o meu reflexo parcial num vidro baço.

E que escolhas musicais... Dir-se-ia que uma alma mais antiga as escutaria. Não aquela criança refletida no fosco do vidro.

 

Pouso as mãos sobre o teclado. Incapaz de soltar as amarras de vez. Presa a um passado que ainda precisa de ser entendido e quem sabe então, só então...

 

Pouso as mãos sobre o teclado. O cursor a piscar na ânsia de saber o que se seguirá. A espera... a eterna espera... e a memória de tudo o que ficou por dizer...