Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

03
Nov19

"Já não estava Só..."

gaivotazul

Acordou. Olhou pela janela. Estava escuro. Silencioso. O dia ainda nem principiava nascer.
Percorreu o longo e estreito corredor, tateando as paredes. Como gostaria de ter uma luz que lhe alumiasse o caminho...
Uma porta fechada. Rodou a maçaneta e abriu-a.
Sentiu o chão frio sob os pés nus. Estavam nus! Conseguia senti-lo, mas também o via agora. Segurava na mão uma lanterna. A sua luz iluminava o caminho.
Outro corredor. Longo e estreito.
Percorreu-o desejando ter um xaile que a cobrisse e aquecesse...
A meio do corredor uma janela. Não! Apenas o seu próprio reflexo num espelho baço que lhe devolvia o olhar.
Seguiu caminho. Uma porta entreaberta. Empurrou-a e entrou.
Um chão de madeira aquecida pelo lume da magistral lareira mármore. Paredes nuas, sala despida, a quem a chama emprestava cor e movimento enquanto as suas sombras dançavam soltas.
Sentou-de em frente do lume. Adormeceu. Um xaile envolvendo o corpo num abraço. E sonhou.
Sonhou que não mais haveriam corredores longos, estreitos e escuros.
Sonhou com lanternas que lhe iluminavam o caminho e conferiam calor à sua vida. Em cada lanterna o bater de um coração.

Já não estava Só...

IMG_7174.JPG

(Ilustração de Caras Ionut, http://carasdesign.com/)

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D