Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

29
Nov17

"Home"...

gaivotazul

Desde esta manhã que oiço em mim a tua música sem cessar. Uma música que me transmite serenidade e determinação ao mesmo tempo. Uma música que me evoca a "nossa casa". Sim, porque casa não é o espaço físico que habitamos. Casa é o espaço interior que nos acolhe. Casa é qualquer espaço ou tempo em que o nosso coração permaneça.  

A manhã vai a meio. A tua música ainda persiste.

Isolo-me do ruído que me rodeia, do burburinho de dezenas de vozes que falam em simultâneo. Deixo que o meu silêncio se sobreponha e que apenas a minha voz interior se faça ouvir. Uma voz que sente cada uma das tuas palavras.

No meu silêncio, escuto-as repetidas vezes sem conta. Fecho os olhos e interiorizo-as em mim. Não os quero abrir. Não quero deixar de me sentir assim. Revejo-me demoradamente em cada uma das tuas palavras que espelham o meu sentimento. 

É tarde. Em passo apressado dirijo-me para o meu próximo objetivo. A tua música insiste. Desta vez não a oiço só dentro de mim. O tempo corre mas a música corre lado a lado com ele enquanto a ponho a tocar no telemóvel. Como que por magia tudo pára. O semáforo fica vermelho. Os condutores esperam pela sua vez. Eu avanço no meu passo por ti marcado.

 

É tarde, é muito tarde. A noite caiu faz tempo. Tanto há ainda por fazer... Terá de esperar.

Quero apenas uma ultima coisa fazer. A tua música perdura. Vou fechar os olhos e deixar que ela me transporte no tempo e no espaço e me leve até... Casa.

 

 

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D