Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

19
Jan19

Estou em casa!

gaivotazul

Não fechei os estores do quarto de banho. Bolas... devia tê-los corrido... Porque carga de água não o fiz?!

 

De olhos fechados, no meio de cobertores, debato-me entre o sair do quente da cama para os fechar correndo o risco de despertar ou simplesmente ignorar a luz que pela janela entra, escondendo dela o rosto, para que a noite que se finda se delongue por mais alguns minutos.

Neste acordar sem despertar, oiço a chuva que com intensidade lá fora cai. Bate com força nas persianas corridas da casa e na laje do quintal. Desafia-me. Convida-me a contemplar o cinzento do céu que se fechou para que a mesma pudesse cair e beijar a terra. 

 

Uma gaivota. Não preciso de a ver para saber que uma gaivota cruza o espaço aberto em frente à janela do meu quarto. Oiço o seu canto. Também ela me chama.

 

Vencida, pela luz, pela chuva, pela natureza, atiro para trás os cobertores e abro por fim os olhos. Corro os estores e contemplo a ausência de um horizonte.

No seu lugar, um mar e céu indissociáveis e indistinguíveis. Um perfeito cinzento que não se sabe onde começa ou termina. Uma imensidão em que nesta manhã me perco.

 

Estou em casa!

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D