Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

27
Nov17

Divagações ao Ocaso

gaivotazul

IMG_9086.JPG

O sol desce sobre o horizonte anunciando o fim de mais um dia.

O frio instala-se mas o ocaso convida a ficar.

No extenso areal poucos permanecem. Apenas o pescador aposentado que observa a maré, o nadador salvador que espera o términos do seu turno, o casal enamorado que não se quer apartar, um outro menos apaixonado que conserva a distância, e nós... Nós...

 

É nesta hora em que quase todos partem que as gaivotas reclamam o seu espaço.

Um espaço que dias e noites a fio connosco partilharam. 

A areia maleável foi o nosso chão firme. A maré inconstante a nossa confidente fiável. As estrelas no céu o nosso manto de noite. As gaivotas, as gaivotas as testemunhas da nossa história...

 

O sol desce no horizonte anunciando o fim de mais um dia.

Transpomos a marginal que nos separa e pisamos a areia, traçando o nosso caminho num piso instável mas em passo certo.

Queremos contemplar o ocaso. Queremos fazer parte do momento em que numa fração de segundos dia e noite se tornam indistintos. Queremos fazer parte da infinitude que nasce e  se finda no horizonte.

Queremos voltar a sentir como nosso o espaço outrora partilhado com as gaivotas. 

Queremos voltar a estar e a sentir e a ser... "Nós".

O frio instala-se...