Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

23
Nov19

"Deve ser difícil ser-se tu!"

gaivotazul

A primeira vez que te vi, era manhã! Corríamos apressados, ziguezagueando por entre cruzamentos apertados. Todos corríamos excepto tu. Procuravas alguém que abrandasse o ritmo. Em quem te pudesses apoiar. Em quem confiar.

 

A tua imagem acompanhou-me todo o dia. Tive um vislumbre da tua voz ainda jovem. Parecias meio perdido. No entretanto alguém abrandara o suficiente para te dar as orientações que precisavas. Haviam-te trocado as voltas. Nesse momento pensei "Deve ser difícil ser-se tu"...

 

O dia foi-se desenrolando em tarefas concluídas e por concluir. Acreditamos que haverá sempre O Amanhã e o tempo nunca chega.

 

Não pensei que te tornaria a ver e no entanto ali estavas tu. Caminhavas um pouco mais atrás. Pensei se deveria abrandar o passo. Voltar atrás, abordar-te...

O teu passo era inseguro. Como se desbravasses caminho pela primeira vez. Avançavas cautelosamente, degrau a degrau. 

Tudo o que vi foi a tua bravura e não a cautela. Admirei a tua coragem de quem a cada passo enfrenta a escuridão e o vazio. A coragem de quem diariamente se confia a desconhecidos sabendo que se pode magoar.

Aos meus olhos parecias frágil. No entanto a tua visão mostrou-me o quão forte és.

Os teus medos estão sempre presentes, e ainda assim a todo o instante os enfrentas.

Deve ser difícil ser-se tu! 

Mas cegos somos nós...

 

 

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D