Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

31
Ago18

Deixei escapar...

gaivotazul

Deixei escapar. Pensei que a agarrara mas esfumou-se antes que o pudesse fazer. Como a fita de um balão que se desprende da nossa mão. Esticando-nos, quase que lhe tocamos, conseguimos senti-la, mas somos incapazes de a reter.

Foi assim. Como a chama de um fósforo que se apagou antes mesmo de arder. Fugaz. 

Deixei escapar... a frase. Aquela frase que me fez todo o sentido e que num rasgo se transformou em livro.

Uma gota que daria início a um pequeno curso de água. E quem sabe onde nos levaria essa água. Mas...

 

Deixei escapar.