Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

19
Nov18

Até que os risos me tragam de volta...

gaivotazul

No banco de trás duas vozes distintas e enérgicas contrastam com a aparente apatia que neste banco da frente se instalou.
Riem, atropelam-se, discutem e tornam a rir de algo que só eles entendem.

No lugar da frente, o silêncio e o atropelo das ideias e dos pensamentos desorganizados. Não rio, tampouco sorrio.
Gostava de poder trocar de lugar. Sentar-me no banco de trás e rir porque sim. Discutir e dizer as mais absurdas das frases e tornar a rir. Da estupidez. Da minha estupidez. Como se a mesma fosse a sabedoria que tantos buscam mas poucos alcançam.

No banco de trás exaltam-se os ânimos e eu, no banco da frente, contenho-me para que não cessem os risos nem se calem as vozes distintas e enérgicas.
Recordo que em tempos foi minha uma das vozes no banco de trás. E permaneço no banco da frente Mergulhada em recordações e numa aparente apatia até que os risos de banco de trás me tragam de volta...