Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

14
Ago18

Aqui onde estou...

gaivotazul

Aqui onde estou, há ainda muito por fazer mas tenho para onde ir.

Divido atenções, olho o relógio, esqueço o que ia dizer, lembro o que tenho de fazer.

 

Aqui onde estou, requerem a minha presença. Para onde tenho de ir, reclamam a minha ausência.

Olho o relógio, concentro atenções. Digo o que tenho a dizer, adio o que ia fazer.

 

Já não estou. Nem aqui nem lá. Em ambos os lados há que fazer. Estou temporariamente ausente. E tudo se faz. Mesmo sem mim. 

 

Chego.

Aqui onde estou, há ainda muito por fazer. Já não tenho para onde ir. 

Estou presente e se alguém reclama a minha ausência, esse alguém sou eu. Mas, aqui onde estou, há ainda muito por fazer...