Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

02
Nov17

Deixa que o tempo passe por ti...

gaivotazul

IMG_8932.JPG

O tempo parou para ti. Deixaste de contar os minutos e as horas transformadas em anos.

Em ti são visíveis as marcas das estações. Manténs a tua altivez mas por dentro algo se quebrou. Oiço as lágrimas que por detrás dessa fachada correm. Sinto a dor do abandono e o peso do vazio enorme que dentro delas se instalou.

 

O tempo para ti parou. A sucessão dos dias e noites deixaram de importar. 

A custo procuras ocultar qualquer vestígio de vida que em ti ainda persiste. Preferes esconder-te a sofrer uma vez mais. Ainda dói...

Deste tanto de ti... e no entanto tudo voltarias a dar se soubesses ser diferente.

Não guardas rancor, mas a tristeza pesa em ti. As grades que um dia ergueste e que o tempo não derrubou mantêm longe quem te possa magoar, mais longe ainda quem te possa amar.

 

Não te importa o presente, muito menos o futuro.

Agarrada às lembranças de outrora, às memórias de um passado que ainda não se desvaneceu, tornaste-te prisioneira de ti.

Não te escondas mais por detrás dessas fachadas. Chora tudo o que tiveres a chorar. Deixa que outros vejam as tuas lágrimas cair. Deixa cair também o gradeamento. Liberta-te de tudo e de todos. Liberta-te de Ti.

Não percas contudo essa tua altivez, assume todo o teu valor. Exibe com orgulho as marcas das estações em ti gravadas e deixa que o tempo passe por ti.

 

Deixa que o tempo passe por ti...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D