Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas soltas...

Páginas soltas...

04
Ago17

Ás vezes não sei como chegar a Ti...

gaivotazul

fotorencruzilhada[1].jpg

 

És das pessoas mais meigas, doces e sensíveis que conheço. És também das mais teimosas e intempestivas.

Com queda para o teatro e para o drama às vezes torna-se difícil distinguir a realidade da farsa nos teus sentimentos. E então quando te sentes incompreendida...

No entanto, és dos seres mais tranquilos quando a tempestade exige calma e discernimento. Como o consegues fazer é ainda um mistério para mim. Sei que nesses momentos a minha admiração por ti cresce exponencialmente e fico abismada pela tua capacidade de fazer face às situações adversas...

É muito fácil deixar-me influenciar pelas tuas oscilações de humor e perder o controlo sobre as minhas próprias emoções. Quem me dera que assim não fosse..

Nesses momentos, gostava de poder pausar o tempo para poder descortinar o que te aflige e impede de sorrir. Para poder ver para lá das lágrimas e ouvir para lá dos gritos...

Se me deixasses, abraçar-te-ia em silêncio até que todas as palavras se esgotassem e nada mais houvesse a dizer...

É que às vezes, não sei mesmo como chegar a Ti.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D